sábado, 8 de novembro de 2008

Vive outra vez! - uma revolta social.

Acordas todos os dias àquela hora,
Aquela que mais ninguém conhece,
Aquela que para os outros
Existe na horizontal.
Retomas rotinas, bacocas,
Fatídicas de repetição.
Segues os dias sem novidade,
Sem nada de novo.

Existe um estendal.
Nele estendes os dias,
As vivências dos outros,
Que se despem de vaidade,
E se vestem da vontade,
Das rotinas que tu desprezas,
Porque te despiram,
De desejo e de saudade.




Grita mulher!

Foto: Vermelho - Gui Mota (www.olhares.aeiou.pt)

3 comentários:

Inês ' disse...

Muito bom mesmo ' dos melhores textos que aqui está . cada um deles passa uma mensagem .. está muito bom '
Continua a escrever .. tens jeito '
Parabens

SC disse...

Porque no mundo ainda há injustiças, mascaradas pela dita igualdade de direitos…
porque se não somos nós a falar mais ninguém fala...
porque as mulheres esquecem-se de si, para poderem pensar nos outros…
por tudo isto e muito mais, haja alguém como tu que reconheça a realidade das suas vidas!
E porque alguém me disse: AQUI ESTÁ A MINHA REVOLTA!

Muitos parabens por todos os textos, cada um tao teu...beijos

Enfim... disse...

ta muito bonito tens jeitoooo

beijinhos