quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Um olhar menor - Para ler com extraordinária boa disposição.

Eu peguei no azul
E pintei um país
Pintei do Norte ao Sul
E pulei feliz.

Eu peguei no laranja
Para pintar um macaco
Cortei-lhe a franja
E deitei-o num charco.

Eu pequei no verde
E pintei um rio
Mas tinha tanta sede
Que o bebi de fio.

Eu peguei no encarnado
Para pintar o jardim
Ficou tão engraçado…
Vou deixá-lo assim.

Eu peguei no roxo
Para pintar as pessoas
Pintei um homem coxo
Depois ouvi das boas.

(Não parei de pintar
Não fiz nada mal!
Disse-lhe para esperar
Pela pintura final.)

Pintei tudo à volta
À minha maneira
Deixaram-me à "solta"
Foi só brincadeira!

Com olhares menores
É mais engraçado
Um Mundo de cores
Com tudo trocado!


Por fim peguei no rosa
Para pintar o meu dia
E com um texto em prosa
Pintei poesia.

Foto: Lápis de cor - Daniel Wiedemann, (www.olhares.aeiou.pt)

4 comentários:

SC disse...

A nossa vida é cheia de cores!! Só precisamos de saber usa.las para a pintar à nossa maneira e torná.la mt mais alegre!!! =D
Continua assim..ta muito boa a tua poesia ;)
Bjinho

Brida disse...

Era tão agradável que certos poemas pudessem sair do papel (ou da imensidão do seu espaço electronico) e se transformassem em realidade... Seria tão mais agradável olhar as cores em redor...
Gostei do teu espaço, vou voltar a espreitar
;)

Phi disse...

Ufffff...

Tou completamente sem palavras...
Nca imaginei a vida c tanta cor...

Parabens.. Continua assim, fikei fa!!

Enfim... disse...

fiquei encantada lol

esta demais

essa imaginação, ta lindo lindo lindo esta gostei muitooooo looool

quase que dá para fazer uma canção ehehehe

beijinhoooos