sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Há coisas que me fazem confusão...



Em Luanda há quase duas semanas.
Entre candongueiros, zumgueiros e cassimbo,
Um facto salta-me à vista.
Aqui, tudo o que mata é mais acessível do que o que nos mantém vivos.
Mais facilmente se atesta o carro, que um garrafão com água.
Mais depressa se compra um volume de tabaco que um quilo de pão.
Mais rapidamente se compra um litro de vinho que um litro de leite.

Não deveria o leite ser bem mais acessivel que o álcool?
O pao mais que cigarros?
A água mais que gasóleo?

Aqui, uma gota de água, leite ou migalha de pão valem o seu peso em ouro.
Estaremos nós certos?
Foto: silêncio inocente, Cores em tons de Cinza

Sem comentários: